Top Ad unit 728 × 90

6 momentos que apenas os Otakus velhões viveram!



E com velhões eu quero dizer que você tem mais de vinte anos de idade, e por algum motivo ainda está ai curtindo seus animes da mesma maneira que fazia quando tinha lá seus sete anos de idade. Hoje vou listar momentos memoráveis da infância Otaka.


1° Ter que abaixar a TV para a mãe não ouvir a plateia gritando: SATAN, SATAN!

Admita, por mais compreensiva que seja sua mãe, qualquer um, até eu, iria se espantar com  um "desenho" que passa as dez horas da manhã, ficar gritando repetidas vezes "Satan" em uma torcida frenética por ele. A dublagem muda cada coisa das linhas de dialogo, cada nome estranho que surge; mas quando mais precisamos que eles deem um "jeitinho" de deixar a coisa menos impactante, ele simplesmente não fazem nada! Provavelmente eles não ligaram com o "Satan" sendo gritado por uns cinco minutos de episódio de Dragon Ball, pois estavam corrigindo imagens que pareciam pentagrama em Yugioh...


2° Ter que convencer a mãe que as cartas de Yugioh não eram coisas do tinhoso...

Eu nem sei quem foi que inventou isso, mas está de parabéns, conseguiu convencer muita gente por ai. Eu sei, muitas cartas tem nomes estranhos, e as vezes a coisa realmente acaba ficando estranha no anime que deveria ser infantil, mas olhe pelo lado bom: Ninguém fica gritando "Satan" por vários minutos de anime, não é?


3° Os colecionáveis de Pokemon eram disputados!

Mas também teve o lado bom! Se você comesse muito salgadinho, acabava ganhando vários brindes de Pokemon! Ô época boa, quando você bebia um refrigerante e ganhava um brinde de anime e comia um salgadinho para acompanhar e ganhava outro brinde. Hoje em dia o único brinde que ganho são alguns quilos a mais.


4° As Beyblades eram armas mortais...

Aquele tempo onde eu levava uma beyblade de puro ferro e aço, que inclusive nas competições com os amigos chegava a sair fogo, e no colégio ninguém nos impedia de entrar com aquilo. " Ah, mas elas eram inofensivas" claro que sim, eu já vi gente sair sagrando após brincar com elas, e inclusive eu também já saí sangrando após brincar um pouco com minhas Beyblades, mas elas eram seguras e aprovadas pelo IMETRO!


5° E chegando cedo da escola dava para assistir Hantaro!

Mas depois de sair da escola você podia assistir Hantaro, ou se for um pouco mais novo, tinha até como assistir Narutão em TV aberta em! Boa época quando não importava que canal ligasse, lá estaria passando um anime, ou ao menos um desenho legal. Eu assistiria até hoje Hantaro na TV aberta, afinal teria a desculpa de estar lá só para descansar e vendo porque está passando, mas como vou fazer isso hoje em dia? Se eu baixar para assistir vou ofender a meus ancestrais que borbulhavam masculinidade.

E falando em Hantaro, soube que colocaram um porquinho da índia no micro-ondas: Só meus sinceros morra. E eu tinha mais alguma coisa para falar para vocês... Ah, #VoltaTVGLOBINHO. É só por hoje, podem voltar a dormir ou ver anime, dane-se.


6° E para quem estudava a tarde, na rede TV tinha HunterXHunter!

Ah, e eu pensando que o cinco era o último, voltando ao clima autor sério: Se você estudava na parte da tarde, ou como eu marcava bem o horário dos animes, você podia desfrutar de uma verdadeira variedade de animes exibidos na Rede TV por volta das 18:00 Horas, lá passava Fullmetal Alchimist, HunterXHunter, Pokemon, Super Onze, Tsubasa, Yugioh, o lendário Viewtiful Joe e uma pancada de outras coisas; uma boa época aquela, onde até a Rede TV tinha utilidade no mundo! Enfim, agora sim é dane-se, acabou o artigo.




Lembra de mais alguma coisa épica de sua infância Otaka? Comente mais aqui então!

6 momentos que apenas os Otakus velhões viveram! Revisado por Jhonatan A. Gonçalves em quarta-feira, maio 03, 2017 Nota: 5
Todos os direitos reservados Animes Tebane © 2014 - 2017
Hospedado no Blogger, tema desenvolvido por Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.