Dica Tebane #11 - Animes Para ver e Apreciar Música!

---Animes Para ver e Apreciar Música!---


Ah.... A música; sem ela admito que muitos dos artigos aqui do blog atrasariam e alguns outros nem sairiam, eu sou movido a música quando autor, e hoje vou trazer para vocês uma indicação de animes para assistir e curtir uma boa música! Certeza que tem gente felizão com Fuuka nessa temporada, um anime que aborda um pouco do tema musical, mas hoje vamos falar de alguns outros animes BEM musicais! Vamos lá então...




#1 Nodame Cantabile
45 episódios(em 3 temporadas), 2007, Música/Romance


Já para começar vamos de Nodame Cantabile, um anime que por diversas vezes já indiquei aqui no blog! Nodame Cantabile é um anime focado em música clássica e que aborda o tema música com um pé no chão bem incomum para animes do gênero. A obra em sua primeira parte é bem focada em mostrar a dificuldade que um músico tem de alcançar a fama e ao mesmo tempo a dificuldade de fazer sucesso em seu país, já que o Japão não é dos grandes consumidores de música clássica, então o protagonista acaba tendo que focar o continente Europeu, o lar da música clássica. O anime nos apresenta dois protagonistas com especialidades diferentes na música, Chiaki apesar de tocar violino e piano é um maestro e seu sonho é estar a frente de uma grande orquestra, e Nodame é uma pianista bem incomum que simplesmente guia seu piano com a alma, sem seguir regras, um pequeno problema a ser corrigido em sua jornada. Como é um anime que aborda o tema música de forma bem lúcida, não faltam referências a grandes nomes da música e mesmo execuções de músicas bem conhecidas. Se você tem interesse nesse lado erudito da música, certeza que vai se apaixonar pela história de Nodame e Chiaki.

Nodame Cantabile é um anime que conta a história de Chiaki, um maestro preso no Japão pelo seu medo absurdo de aviões. Um dia ele conhece Nodame, uma garota que quase nunca toma banho ou arruma a própria casa, Nodame a primeira vista se apaixona pelo protagonista, e Chiaki um cara sério e sempre formal acaba tendo uma louca em lugar de sua sombra. Essa é a jornada da música protagonizada por um casal de sonhadores que desejam ter a música como forma de vida

Mais Sobre: Nodame Cantabile



#2 Beck
26 episódios, 2014, Música/Drama/Cotidiano

Para muitos, inclusive para mim, em se tratando de música não existe nenhum anime mais gostoso de assistir que Beck. Se podemos citar que Nodame é um anime bem lúcido, fico quase sem palavras para descrever o como Beck é muitas vezes mais pé no chão. Beck é um anime simplesmente honesto, para começar ele escapa de longe da influência Moe comum nos animes! É uma obra que passa ao
espectador a real dimensão do mundo da música, inclusive as curvas perigosas que a vida da música pode tomar. Partindo da proposta da criação de uma banda de rock, o anime começa a nos apresentar a vida noturna e a rotina de uma banda sem fãs e desconhecida, a dificuldade para se estabelecer e o perigoso mundo e concorrência que os músicos acabam lidando para manter seus sonhos vivos. Isso tudo parecendo novo na visão de Koyuki, um protagonista que começa o anime de forma bem típica, ele é apenas um colegial que não conhece nem um pouco a maldade da vida, mas quanto mais ele se aproxima da música e passa amar ela, mais ele vive e aprende que viver é sofrer. O anime começa em um clima colegial, mas rapidinho fica claro que não é BEM isso que o anime tem a mostrar, muito pelo contrário o colégio é só um dos cenários do anime, o palco de Beck é o mundo! O anime com um elenco carismático nos apresenta a vida noturna do rock, bebidas, drogas e sexo, o anime não tenta em nenhum momento fazer o mundo parecer perfeito ele apresenta um reflexo da realidade através de personagens com grandes diferenças entre si e Koyuki é sempre o mais destacado. Enquanto grande parte dos novos amigos tem uma pegada americanizada, Koyuki é o jovem japonês cheio de respeito e formalidade japonesa, um contraste divertido de assistir; e de quebra o protagonista é o único que não começa já com amor pela música, ele aprende a amar, e junto com ele o espectador é levado a ter esse amor.

Koyuki leva uma vida monótona e sem sal, ele percebe que algo falta para que sua vida ganhe cores. Em meio a seu cotidiano ele acaba ajudando um estranho cachorro que está sendo agredido por alguns adolescentes, após isso ele conhece o dono do cachorro, Ryuusuke e é esse personagem que caí para mudar a vida de Koyuki. Ryuusuke é apaixonado por música e acabou de voltar dos Estados Unidos para o Japão, e é ele que introduz Koyuki ao mundo da música.

 Mais Sobre: Beck


#3
Hibike Euphonium
26 episódios(Em 2 temporadas), 2015, Música/Colegial

Saindo de algo BEM pé no chão e lúcido para algo bem mais Kawai e moe. Hibiki é um anime com trilha sonora espetacular, e que conquistou um grande público logo em sua estreia. O anime segue uma pegada colegial onde uma pequena orquestra de garotas deseja entrar para o campeonato nacional, enquanto a música é o ponto central, temos muito drama e mistério, normalmente sempre com a
música como pilar central da trama. Hibiki vem trazendo uma trilha sonora simplesmente sensacional, e mesmo não sendo tão interessante para conhecer o mundo da música como é Beck, ainda é uma ótima referência e acima de tudo divertido. Como já disse, é um anime com uma pegada bem Moe, então é com dramas e lágrimas que o anime vai se desenvolvendo. Hibiki é o tipo do anime que quando há uma música, tudo a volta simplesmente para assim o espectador pode simplesmente aproveitar a trilha sonora da obra e realmente se sentir assistindo uma verdadeira orquestra; para uma definitiva experiência com a música em animes, esse anime é essencial.

Hibiki é sobre uma garota chamada Oumae Kumiko, que no fundamental era de uma orquestra mas devido a um trauma acabou se afastando da música. No colegial ela tem a ideia de se manter afastada da música, mas logo é puxada novamente para a orquestra do colégio, e lá se encontra com uma antiga amiga com quem teve um desentendimento, e assim a música é a peça central para dramas do passado e do presente.

#4 K-On!!!
39 Episódios(Em 2 Temporadas), 2009, Música/Drama/Colegial

Saindo do Moe para o Moe, chegamos em K-On, no que ele difere de Hibiki? Bom, em questão de música nenhum dos dois caem muito longe, apesar de K-on ser focado em outro estilo de música, mas diferente dos dois primeiros animes listados, o interessante de acompanhar desse anime não é o
desenvolvimento ou o conhecimento musical transmitido, e sim simplesmente as execuções musicais e claro o desenvolvimento de cada personagem introduzido ao mundo da música. K-on é um sucesso absoluto, e tenho certeza que mesmo que eu não o indicasse vocês já teriam pensado nele logo de começo, por isso então resolvi adicionar ele aqui, seria um pecado mortal não recomendar o anime quando o assunto é música. K-On começa com Yui entrando para o clube de música leve sem nem ao mesmo saber tocar instrumento algum, e para piorar ela é completamente desajeitada, e é nesse elemento inicial que o anime fica interessante, afinal de contas o desenvolvimento da obra é implacável, e ao final da trama, certamente você estará muitas vezes mais próximo a música, e sentimento o amor musical que Yui aprende a ter. Apesar de BEM restrito ao ambiente colegial, a obra ainda adiciona muito em conhecimento musical e é bem divertido e leve.

Como já dito, a protagonista é Yui, uma garota que entra para um clube de música mesmo sem nenhum conhecimento da área. Ela se torna a guitarrista do clube e aos poucos começa a dominar o instrumento, e para surpresa de todos, mesmo sendo desajeitada com tudo, ela leva jeito para a música! Essa é a história do colegial de garotas e o sonho delas de alcançar o verdadeiro mundo da música.



 Mais Sobre: K-On


#5
Sakamichi no Apollon

12 episódios, 2012, Música/Drama

Escapando do Moe com força, temos Sakamichi no Apollon. Não tinha absoluta certeza em indicar ou não ele, mas após ouvir mais uma única vez a trilha sonora dele, não pude deixar de adicionar aqui. O anime não é totalmente focado na música, eu poderia dizer qua misteriosa substância que mantém o elenco unido é a música, ela é o motor da trama, apesar de não ter a atenção que talvez esperasse o fã louco por música. Mesmo dizendo que não é o foco, a obra é singular com seu tema baseado no Jazz,
músicas gostosas de ouvir e um desenvolvimento incomum para esse tipo de obra. Para começar a diferenciar, o protagonista já começa o anime tendo um certo amor pela música, mas acaba sendo levado a conhecer o Jazz e é por esse estilo que ele começa a realmente se apaixonar. Essa lista realmente voltou ao tema mais lúcido e vai acabar assim, afinal de contas Sakamichi não abre a porta ao fantasioso, muito pelo contrário talvez seja um anime mais próximo da realidade que o próprio Beck que eu tanto exaltei ali em cima. Não é focado em um clube colegial, muito pelo contrário o foco musical é uma banda de Jazz no porão de uma loja de discos. O que mais deixa o anime belo e inesquecível é sua conclusão, mas isso você leitor vai precisar conhecer pessoalmente. O que posso garantir é que ele vai te fazer amar e odiar a música em um passo só.

O anime se passa no fim dos anos 60, no Japão, com foco em Kaoru, um protagonista calado e tímido, que devido ao trabalho de seu pai se mudou várias e várias vezes, e por conta disso nunca teve a oportunidade de fazer amizades. Kaoru começa em seu novo colégio tentando ignorar tudo e todos, mas acaba sendo arrastado a conhecer um mundo totalmente novo, isso por conhecer Sentarou, um delinquente perigoso do colégio, que sem ninguém saber é um grande amante do Jazz. É nisso que a história se desenvolve, e a música passa a ser de importância gigantesca na vida dos personagens.

Mais Sobre: Sakamichi No Apollon




Enfim, após um artigo desses só posso desejar a vocês muita música! Aproveitem para comentar aqui seus animes favoritos de música!

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Bom, meramente gosto pessoal meu: Beck, realmente considero Beck o melhor anime musical...

      Excluir