Indicações da Semana 123 - Young Black Jack


Bem-vindo(a) ao nosso artigo semanal de Indicações de Anime, onde toda semana eu recomendarei um anime (avá) falando um pouco sobre ele sem Spoilers para que você possa checar se ele faz o seu tipo ou não!

***

Indicação de quarta-feira para os senhores, texto segue abaixo:

Inclusive, se você é novato por aqui, pega seu dicionário otaku, ele salvará sua vida!

Nome: Young Black Jack
Ano de lançamento: 2015
Gêneros:  Ação, Drama, Histórico
Numero de episódios: 12















Começamos nosso enredo no ano de 1968, um ano em que o mundo sofreu com vários acontecimentos que marcaram a história, e que acabam sendo retratados de forma bastante direta ao decorrer de Young Black Jack, mas antes de tudo precisamos voltar dois passos e conhecer um pouco mais dessa obra. Young Black Jack conta a história do lendário médico Hazama, isso quando ele ainda não era tão lendário assim. Esse anime gira em torno de Hazama e seus esforços para se formar na faculdade de Medicina, porém muitos de seus esforços são frustrados devido aos acontecimentos políticos e sociais a sua volta. A obra começa em um dia comum, onde Hazama está se preparando para mais um dia de estudo, mas um incidente junto aos protestos horríveis acontecendo no hospital da cidade forçam ele a tomar uma decisão bastante crítica, e devido a isso ele acaba por tentar salvar a vida de uma criança ferida iniciando uma cirurgia mesmo sem ser um médico formado; a criança sobrevive e a operação é um sucesso, porém Hazama não é médico, mas acaba por despertar em si o instinto de salvar vidas, e mesmo arriscando sua futura carreira, e possivelmente anulando suas chances de se formar, ele começa aos poucos realizar cirurgias em segredo.

Mas como já citei, o ano é 1968, um difícil ano para o mundo e não diferente para Hazama, que acaba por se envolver em grande parte dos principais acontecimentos desse marcante ano. Esse é por exemplo o ano onde a guerra do Vietnã atinge seu auge na investida que ficou conhecida como Ofensiva Tet; assim como no mesmo ano nos Estados Unidos os movimentos pelos direitos dos negros na sociedade americana atinge seu ponto crítico com a morte de Martin Luther King que é assassinado a tiros em Memphis. Enquanto isso no Japão, grandes protestos são organizados contra o governo; e no meio de todos esses acontecimentos temos o jovem Hazama e sua sede absoluta por salvar vidas.

Mas, para salvar os mais diversos pacientes normalmente em condições extremas, Hazama não conta apenas com suas lendárias habilidades, mas também com a ajuda de alguns de seus amigos. Okamoto Maiko é um personagem secundário mas que ganha bastante atenção ao decorrer dos episódios, e que também é uma médica que se esforça para ajudar Hazama a salvar vidas independente da situação ou risco; porém ela não é tão habilidosa quando o protagonista, apesar de já possuir uma licença médica, e acaba aos poucos se aproximando mais e mais de Hazama; ela normalmente é quem acaba levando os "créditos" pelas incríveis façanhas de Hazama, que apesar de ser apenas um estudante conta com um conhecimento médico simplesmente singular.

Essa é uma história baseada no já renomado Black Jack, mas dessa vez conhecemos Hazama quando ele ainda não era um médico lendário, mas sim um estudante de medicina muito ambicioso e sedento por salvar vidas. Conheça a história incrível desse protagonista simplesmente único, em meio a muita ação e drama!


É muito difícil falar mesmo que um pouco de Young Black Jack sem liberar uma torrente de spoilers; porém quanto a parte técnica isso acaba sendo facilitado. Bom, talvez você já saiba, provavelmente sim, mas Young Black Jack é inspirado em Black Jack, uma obra de fama mundial que começou a ser lançada em mangá no ano de 1973, escrita e desenhada pelo lendário Osamu Tezuka, o pai do anime moderno. Young Black Jack porém é a adaptação da obra em mangá de autoria de Tabata Yoshiaki  e ilustrada por Okuma Yuugo, a obra começou a ser lançada em 2011 na revista Young Champion Magazine, e no ano de 2015 ganhou essa adaptação para anime.

Bom, ao assistir a obra você pode vir a perceber que em alguns momentos há um choque entre o design de
personagens, onde alguns são bem mais caricaturados que outros; isso acontece por conta da origem da obra, um mangá onde os personagens carregavam essa característica das caricaturas; porém durante a adaptação para anime houve por parte da equipe um esforço bastante evidente em minimizar esse contraste que haveria de acontecer, tanto que apesar de algumas cenas acabarem sendo um pouco desconfortáveis, o máximo que temos é exatamente isso; um desconforto.

A obra é muito rica em enredo, tendo de fundo acontecimentos históricos pesados, e que ao decorrer da obra são desenvolvidos com a presença do protagonista sendo colocada de forma direta, e isso gera um desenvolvimento interessante para o protagonista e o resto do elenco que o cerca; mesmo que na maior parte do tempo o elenco seja passageiro com algumas poucas exceções que perduram através dos vários arcos da obra. E é graças a esse cenário bem mais puxado para a realidade que para a ficção, que a obra acaba abordando temas pesados e que normalmente não são jogados para discussão em animes e obras semelhantes, tudo isso contribuí para que a obra acabe sendo um grande e charmoso exemplo de Seinen onde o sangue e a violência não são o elemento chave; e sim o primor em tratar assuntos mais lúcidos.



Bom, se você busca se aventurar em uma obra simplesmente singular, essa é a sua melhor chance; Young Black Jack só pode ser comparado com ele mesmo. Indico também para você que de alguma forma se interessa por temas médicos ou de guerra. Se seu interesse é ver algo com bastante conteúdo e até mesmo um pouco descolado da mais básica cultura Otaku, certamente essa é uma indicação preciosa para você!