Dica Tebane #2 - Animes para apresentar a quem não conhece animes!




---Animes para apresentar a quem não conhece animes!---


Olá, é a primeira vez que vem por aqui? Acho que não Ha-Ha! Bom, hoje o artigo vem trazendo quatro animes para apresentar para quem nunca viu um anime antes! Eu sei, animes são populares no Brasil, é muito raro alguém que na infância não tenha assistido Dragon Ball ou quem sabe Naruto; mas a verdade é que mesmo quem já assistiu um ou outro episódio desses animes super populares, pode ser considerado muito longe da cultura Otaku, de fato nem todos estão prontos para mergulhar em um mar cheio de Lolis e polvos safados. Então vamos as Dicas Tebane dessa semana!

#1 Another
12 episódios, 2012, Mistério/Horror


Sabe o que não é o forte dos autores Japoneses, e para piorar não é o gosto do público dos olhos puxados? Sim, Terror! Apesar de alguns filmes quase que Trash Japoneses serem bastante assustadores, nós percebemos que eles não tem uma boa imaginação para horror quando vamos assistir um anime qualquer; sinceramente poucas são as exceções desse gênero nos animes, e talvez por conta disso Another seja tão deslocado da cultura Otaku; a obra para começar parte de um clima bem americano, tanto que por várias vezes autores de grandes obras de terror americanas são citados ao decorrer da obra; inclusive não consigo desprender a minha visão de que Another tem alguma influência da sequencia de horror Final Destination (em PT: Premonição). Bom, o caso é que essa obra segue moldes bem simples, e que podem ser compreendidos por um novato na cultura Otaku. Okay, mas e a Mei e seu design super Otaku? Bom, excluindo o que sabemos de outras obras, dentro de Another o design de personagem dela tem uma ótima explicação, tanto que o olho falso dela é falso por conta de uma doença que a fez perder seu olho, não é Chunnibyou! Enredo de mistério e horror simples e bem executado, para quem não tem grandes perguntas, acredito que Another seja uma boa resposta.


Uma indicação nossa: Another


#2 Mushishi
46 episódios, 2005, Cotidiano/Sobrenatural
Mas é claro que para apresentar um anime, talvez não seja uma boa ideia começar por uma obra de horror não é? Então que tal começar com algo muito japonês, mas mesmo assim bem simples e autoexplicativo? Bom, Mushishi é uma obra que conta várias e várias pequenas histórias que duram normalmente um episódio, todas localizadas no Japão Feudal e seguindo um homem chamado Ginko. Amigos, essa obra é uma ótima ideia para apresentar para quem nunca viu nada da cultura Otaku, pois simplesmente não vamos encontrar garotas com orelha de gato nem nada tão "bizarro" para um iniciante; essa obra conta sim muito da cultura japonesa. Mas esse não é meu único argumento, afinal essa obra é episódica como eu citei anteriormente, e pode dar de pronto uma sensação de "satisfação de anime visto". Ao contrário da maior parte dos animes não é necessário se aventurar por doze ou mais episódios para poder entender todo o enredo; apenas vendo o primeiro episódio a pessoa já pode se sentir tentada a assistir um próximo e outro próximo, e pode parar de assistir quando quiser sem a perda de compreensão.


#3 Gangsta
12 episódios, 2015, Ação/Drama

Mas é claro que talvez Mushishi seja calmo demais para o gosto de seu convidado ainda inexperiente não é mesmo? Então que tal apresentar um outro anime bem americanizado cheio de prostitutas e tiro? Pois é,
aqui temos Gangsta, um anime que não foge dos cenários japoneses. Para começar a obra acontece em um lugar fictício, e lembra muito aqueles filmes americanos com protagonistas bad boy's, bom, é basicamente isso em versão animada, até o nome já nos dá essa sensação não é? Mas apesar de toda essa diferença, não se confunda, Gangsta ainda é muito japonês, com personagens de cabelos coloridos e batalhas exageradas, bom certamente você deseja atrair seu ilustre convidado para o lado Otaku da força não é? Certamente Gangsta é uma boa ideia, e posso até ir além: como o anime não tem o fim definitivo da obra, você ao fim dos episódios ainda pode sugerir a seu convidado ler o mangá de Gangsta! Após isso a pessoa estará presa para sempre ao mundo dos animes!


O Tebane Indica para você: Gangsta


#4 Tokyo Magnitude 8.0
11 Episódios, 2009, Cotidiano/Drama
Bom, imaginando que seu convidado seja muito complexo e não queira ver nada violento nem pacifico em excesso, eu dou minha última cartada: um drama baseado em catástrofe natural! Esse é um ótimo anime para apresentar Tokyo de uma forma nunca antes vista: Em completo caos! No inicio e fim de cada episódio de Tokyo Magnitude há o aviso de que o anime foi feito baseado em vários estudos e simulações, e que foi um
anime encomendado para trazer essa possibilidade assustadora para o mundo dos animes; então já posso te dar a certeza de que a obra foge completamente do comum imaginário Otaku com garotas de cabelos coloridos e todo o resto; essa obra é muito pé no chão, sendo todo o tempo o mais fiel a realidade que possível. Apesar de tudo, em nenhum momento ficamos sem muita emoção e drama; a história de dois irmãos ainda pequenos, perdidos em meio a Tokyo em pânico, e sendo ajudados por uma completa estranha que deseja os levar de volta até seus pais! Essa história certamente vai capturar o coração e a atenção de qualquer um, mesmo que essa pessoa jamais tenha tido a oportunidade de assistir nenhum anime, certamente seu único problema após mostrar Tokyo Magnitude para alguém, será que a pessoa vai querer indicação de algum anime semelhante após assistir todos os episódios da obra!

Aqui deixamos mais informações: Tokyo Magnitude 8.0




Bom pessoal! Antes de terminar eu vou deixar uma dica extra: Se quer deixar alguém viciado em animes e mangás, envie essa pessoa para o Animes Tebane, certamente faremos um bom trabalho em transformar a pessoa em um completo e alucinado Otaku! Ha-Ha, desculpa, não pude deixar passar o momento da propaganda! Em todo caso pessoal, essas são as minhas dicas de animes para quem nunca assistiu um anime antes; você tem também alguma dica semelhante? Comente abaixo, terei o prazer de ler seus comentários e usar eles contra os amigos ainda não Otakus! Vamos juntos tornar o mundo mais Otaku!