Uma Primeira Impressão - Bloodivores



Nova temporada, novas primeiras impressões, dessa vez da temporada de Outono (Outubro) 2016!

A Primeira Impressão é obviamente referente apenas ao primeiro episódio do anime, ou seja, ela é feita assim que o episódio 01 estreia e não será atualizada após o lançamento do resto da obra!


Nome: Bloodivores
Gênero: Ação
Sinopse: Uma insônia crônica atingiu a humanidade há 60 anos e para combater a doença foi criado um medicamento, que tem o efeito colateral em algumas pessoas de transformá-las em vampiros. A humanidade entrou em guerra com os vampiros e venceu, colocando os poucos vampiros restantes sobre pesadas leis. O protagonista é um híbrido das duas espécies, cujo é chamado de "A Criança da Esperança".









Segue abaixo a Primeira Impressão sobre Bloodivores;
(Opinião A // Opinião B)


Traço/Gráfico: 5.0
Motivo: O anime começou mostrando uma perseguição de carro, cujos foram em 3D, mas de um jeito bem suave que não chegou a incomodar. Porém o interior do carro, que já não era em 3D, ficou bem mal feito na minha opinião, mais parecendo o desenho de uma típica pessoa daquelas que sabe desenhar sozinha e faz isso por aleatoriedade somente. O cenário foi bem feito até certo ponto, pois às vezes (bem poucos momentos) haviam espaços amplos que claramente eram para detalhes serem desnecessários.


Já o traço dos personagens é uma coisa confusa para que eu julgue. Ele não é um traço genérico, mas ainda sim reconheci uma dúzia de pessoas que já vi em outro anime, e também me pareceu de que alguma forma o traço era ruim, embora não fosse mal feito... Uma coisa que não sei explicar direito.

Quero dar destaque negativo para a movimentação labial e também de objetos do cenário, as falas dos personagens estava bem desconexa em alguns momentos, sendo este o primeiro anime em que eu reparei em algo assim, além de que cenas como quando um carro bateu no outro ou a porta do cofre abriu me deram enjôos de tão esquisita que foi a movimentação.


Traço/Gráfico: 5.0
Motivo: Bom, os traços dos personagens são bem simples, tivemos um character design pobre, mas bem finalizado. O mesmo que digo dos cenários de fundo, que são bem pobres, mas bem finalizados também, com tons bem acinzentados e até que bem encaixados; funcionam muito bem com os personagens também simples.

Apesar de tudo, a animação foi bem porca, pouco fluída e com momentos bem estáticos. O mais interessante é que parecem ter gostado das cenas de perseguições de carros, onde senti um uso de CG de baixa qualidade, infelizmente as cenas que deveriam ser o auge do episódio acabaram sendo as mais entediantes.


Personagens: 4.0
Motivo: A identidade visual dos personagens foi forçada, alguns elementos bem visíveis foram reforçados para os destacar entre os figurantes, as cores de roupas saem do padrão mais acinzentado, e enquanto todos os personagens de fundo estão a sugerir um anime cotidiano, os protagonistas passam a ideia de que a obra se focará em um cenário mais futurístico. 

Os personagens inicialmente demonstraram personalidades até que bem elaboradas, entretanto o "casal protagonista" o protagonista e a garota que o acompanha o tempo todo não conseguem destacar suas características de personalidade, muito pelo contrário o protagonista me pareceu durante todo o tempo uma ferramenta morta na mão de um enredo, e a garota apenas um acessório que não vale a pena decorar o nome.

Personagens: 4.0
Motivo: Não houve muito o que se demonstrar e o foi visto aponta possíveis clichês... O protagonista sendo o cara que confia em todos e não vai deixar ninguém para trás, tendo ele uma grande amiga de infância que é um projeto de ser útil que no fim não serve para nada (e mostrou vestígios pequenos de Tsundere), um cara que deve ser o melhor amigo do protagonista, cujo é esquentado, mas no fim vai se provar do lado dele, e o cara que só está ali para os números serem par :v 

A garota do quarteto tem cada seio maior do que a cabeça dela própria, o que é uma PROVA de que mais cedo ou mais tarde essas tetas vão começar a balançar na tela e destruir qualquer consideração que o anime pudesse ter, pois elas já estão prontas para isso a ponto de deixar a personagem horrivelmente desproporcional... Ainda mais sendo que ela não é a única garota do anime que tem uma silhueta de vaca do leite. 


Enredo: 5.0
Motivo: O primeiro episódio não explicou nada e eu teria ficado perdido se não tivesse lido a sinopse, mas ainda sim eu só pude sentir desespero de ficar livre logo e um pouco de novo. A proposta não me prendeu, nada que foi mostrado pareceu atrativo, tanto que eu não estou nem aí com o resultado daquela “metralheira” no final e já enfiaria ele na pilha de dropados se uma certa pessoa da opinião abaixo não fosse insistir em tentar mais um.

Enredo: 4.0
Motivo: O enredo que estava ficou em aberto bem nebuloso na sinopse divulgada pela obra, nada mais se provou que um resumo perfeito do primeiro episódio, o qual nada de interessante aconteceu para introduzir ao espectador a base da estória. 

Bom, até então tive a visão de que o enredo promete introduzir um vampiro, um mero bebedor de sangue, com uma roupagem nova, uma nova forma de introduzir um tema já gasto e velho. O que acontece é que pouco foi explicado nesse episódio, que como introdução falhou em inserir quase tudo, afinal não consegui nem pegar o nome do protagonista, imaginem o resto dos elementos. Usaram também de fatos que deveriam ser "dramáticos" mas que sem a explicação prévia passaram despercebidos. Digo então que esse primeiro episódio falhou em introduzir a proposta real da obra, e terminou da mesma curiosa forma, sem nada revelar, é como se apenas um trailer tivesse sido exibido.


Abertura/Encerramento: 3.0
Motivo: A animação da abertura não foi das mais pobres não, algumas cenas bem estáticas foram usadas, além de vários cortes brutos, e cenas reutilizadas que mais tarde devem fazer parte do anime; mas perdoando isso eu diria que foi até uma animação legalzinha.

Ignorando os erros de frame, e a pobreza de alguns momentos da abertura, eu até diria que ela foi boa, mas ai chegamos na parte da música, e essa sim foi um completo desastre. A música não tem um ritmo compassado nem existindo apenas como música, quando colocada de fundo em uma abertura, pareceu uma completa piada, foi como se eu estivesse assistindo imagens passando, e uma música vinda de outra fonte! Animação para um lado, música para o outro; uma bagunça imperdoável.

Abertura/Encerramento: 3.0
Motivo: O que foi aquela abertura, mano? :v  Música desconexa com as imagens. Imagens desconexas com si própria. Música desconexa consigo mesma. Parecia uma AMV improvisada daquelas pessoas que parecem que são surdas e não fazem nada com nada. 
Não houve encerramento, mas uma coisa que nunca critiquei em obra alguma e vou ter que criticar nessa: A trilha sonora de fundo das cenas me soou chata e repetitiva.


Expectativa: 3.0
Motivo: Eu poderia escrever “0.0” representando os peitos da amiga do protagonista, mas não é para tanto, já vi coisas piores. A questão é que não achei exatamente nada que eu pudesse falar como ponto positivo embora não tenha odiado o que vi, só acho perda de tempo insistir... 

Expectativa: 4.0
Motivo: Minha expectativa fica em baixa com a obra por conta de tudo que acabei deixando claro ao decorrer do texto acima, o caso é que é impossível ter grande expectativa nessa obra desde o inicio, afinal o estúdio não é de confiança assim como o diretor, e por fim nem mesmo a fonte original da obra é de boa fama; o primeiro episódio não foi suficiente para elevar minha confiança e interesse, será no máximo uma obra mediana em minha inicial previsão.



0 comentários:

Postar um comentário