Top Ad unit 728 × 90

Animes Destaque Da Semana #27 - Orange Episódio 12 - O fim se aproxima!




Esse artigo tem o objetivo de falar um pouco sobre os episódios dos animes em lançamento na temporada corrente. O artigo será formado por animes que na minha opinião mereceram destaque na semana, então vou falar sobre seus episódios e minhas expectativas, esperando sempre a colaboração de vocês leitores!

***

Yopa pessoal! Episódio número doze, quase o último em... Deixo aqui a review para vocês, e deixo também meu protesto sincero pela falta da abertura nesse episódio, como eu gosto daquela música... Bom, review abaixo...

Orange
(Episódio 12)

Chegamos agora na penúltima review de Orange, o episódio de número doze foi bastante tenso, e com momentos de muita expectativa. Estamos nos aproximando do momento mais esperado, a conclusão que nos dirá se tudo que assistimos até então valeu a pena. O interessante de obras com finais definitivos, onde não há de forma alguma a chance de existir uma continuação, é que obras assim tendem a ser memoráveis, mas também são muito criticadas ao mesmo tempo pois nem todo final agrada a todos que acompanharam a obra até seu último instante; posso afirmar que com Orange não será diferente, certamente o que estamos esperando desse último episódio irá agradar a muitos e desagradar a outros tantos. Em todo caso, devemos admitir que até então a obra nos foi atrativa e muito emocionante, sendo o final como for vamos tentar não nos esquecer de quão bom foram os momentos proporcionados pela obra! Enfim, vamos ao texto de review de hoje...

O episódio começa logo mostrando um pouco do passado de Kakeru, sendo que dessa vez a obra nos fez conhecer a mãe de Kakeru, aquela que causou todo o alvoroço na vida de todos. O surpreendente é que a primeiro momento já foi possível notar que ela não seguiria sendo caracterizada como uma vilã, e sim como
uma mãe bastante agradável. A identidade visual do personagem foi surpreendente, ao invés de passar um aspecto cansado e um pouco bagunçada psicologicamente, a mãe de Kakeru é revelada com uma aparência jovial, e um humor bastante positivo. A mulher toma atitudes abruptas, mas na maneira de agir parece uma colegial inocente, que erra por mera inocência e não por maldade. Kakeru por outro lado não a compreende e nem tenta, é apenas um adolescente um pouco revoltado tentando se desvincular da autoridade de sua mãe. Em contra partida, no momento logo após a morte dela, quando ele se vê livre do que buscava escapar, ele de maneira bastante emocional se volta a tentar buscar ela a todo momento, em cada acontecimento novo, mesmo que as vezes tentando não reconhecer o passado.

Na pequena narrativa do passado de Kakeru, um desenvolvimento interessante foi escolhido, o que inicialmente parecia apenas um passeio no passado oculto do jovem, acabou se revelando um passeio pela versão "original" da linha do tempo, onde tivemos a oportunidade de assistir bem de perto como se desenvolveria cada grande evento alterado graças a carta vinda do futuro. Os pequenos gestos que foram alterados, que a primeiro ponto parecem ter um efeito meramente momentâneo, acabam se demonstrando de fato importantes mudanças que foram aos poucos sendo feitas, e que direcionaram Kakeru a ser alguém bem diferente do que deveria. Apesar das mudanças drásticas, é interessante notar que o rumo dos acontecimentos acabaram indo pelo mesmo caminho, e o temido quinze de fevereiro, dia da morte de Kakeru continua se aproximando. Nesse passeio pela versão original, tivemos a oportunidade de conhecer o encontro de Kakeru com seus amigos, um momento bem destacado pela obra, que segundo relato das cartas vindas do futuro, um encontro que acaba sendo diretamente culpado pelo posterior primeira tentativa de suicídio de Kakeru. Ainda na sequência foi possível entender o quão crucial seria a falha de Kakeru na corrida de revezamento, pois se acontecesse o levaria a péssimas memórias do passado, de quando falhou e atrapalhou a todos.

Em todo o desenvolvimento da narrativa da versão original da linha do tempo, cada pequeno fragmento de dor e culpa foram se somando, pequenos momentos que quase aconteceram mas que por momentos pequenos acabaram nunca ocorrendo, cada momento no fim gerou o grande resultado. O grande momento onde Kakeru decidiu dar fim a sua vida é um segredo exclusivo de Kakeru, nem mesmo as cartas do futuro
têm acesso a tal fato; uma mensagem de rascunho guardada no celular de sua mãe, mensagem essa que explica em doces palavras cada atitude que antes era interpretada como egoísta, mas que após a explicação acabaram se tornando um choque gigantesco para o já desequilibrado Kakeru, que logo após considerou que nada havia deixado, e se matou. Se me permite dizer caro leitor, o momento onde cada pequeno fragmento é somado também irá ocorrer na versão alterada da linha do tempo; será nesse momento onde cada ação de Naho e seus amigos, mesmo as ações que pareceram ser em vão, todas elas provavelmente serão justificadas, por um último momento, onde o peso dessas ações deve tirar da morte Kakeru.

Esse não foi o episódio mais simples e intuitivo do anime, foi um episódio cheio de diferentes cenários e linhas temporais, e em um corte para o futuro da linha de tempo original foi o responsável por nos explicar algo que eu já não tinha esperanças de ver sendo justificado: como as cartas chegaram no passado? Bom, o anime se pôs a explicar mesmo que um pouco desse mistério. A ideia surge de uma pequena discussão dos já não tão amigos, o grupo protagonista discute suas culpas e responsabilidades a caminho de suas homenagens finais a Kakeru, é quando o arrependimento pesa tanto que voltar no tempo começa a se tornar uma fuga para a realidade, uma fuga bem longe da realidade, mas que acaba ganhando cada vez mais atenção nas palavras de Hagita, que enche a todos de esperança falando sobre um possível buraco negro localizado na terra. Admitindo a excentricidade do plano, os personagens admitem a tentativa, de forma tão aleatória que o plano é formado, que nos deixa a mensagem de que provavelmente eles não têm a menor ideia de que a ideia boba deles de fato deu certo! E que de forma quase que inocente eles formularam uma forma de salvar eles mesmos em uma linha de tempo diferente; a incerteza certamente é triste, mas deverá ser o suficiente para limpar os corações deles, e permitir que eles esqueçam o passado e possam de uma vez por todas seguir em frente.

Já na linha de tempo alterada, o momento do tempo onde de fato a obra se passa, podemos ver o sacrifício de Naho em matar sua timidez, e se aproximar de Kakeru, que se afasta com força dela. É fácil saber que Kakeru está se esforçando para manter a distancia de Naho, o provável é que Kakeru se cansou de machucar a garota tantas vezes, mesmo que sem querer, e decidiu manter distância dela para evitar possíveis
brigas novas. Naho é bem direta em suas abordagens, e Kakeru é igualmente direto em ignorar todas as tentativas de Naho. Entre tentativas e falhas o tempo passa, e somos informados de que agora estamos já em fevereiro, bem próximos da data conclusiva de toda a trama. Ninguém sabe como ajudar, cada um dos amigos de Naho apenas desejam que tudo termine bem, eles mantém a distância com apenas expectativa afinal agora tudo está nas mãos de Naho. A protagonista se demonstra em desespero total, mas também demonstra no momento mais crucial sua verdadeira força, superando em muito a Naho do inicio do anime, onde a timidez não permitia que ela fosse além, Naho agora está bem mais segura de si mesma, e se esforça em um definitivo momento, onde promete que irá se declarar mais uma vez, no dia dos namorados, o dia em que tudo terminará!

Agora a expectativa fica toda em cima desse último momento, onde tudo pode acontecer, mas devo admitir que tudo parece caminhar para um final feliz! Tudo parece caminhar para a sobrevivência de Kakeru, afinal Naho está demonstrando força, a forma necessária para como imaginado nos artigos passados, superar o conflito final e salvar Kakeru, Naho enfim está pegando definitivamente sua vaga de protagonista e colocando seu protagonismo na mesa, agora ela resolverá tudo ou morrerá tentando!


Ficamos agora com a expectativa enorme do último e decisivo episódio de Orange, vamos esperar e torcer pelo melhor final possível! Bom pessoal, até o próximo e final episódio \o
Animes Destaque Da Semana #27 - Orange Episódio 12 - O fim se aproxima! Revisado por Jhonatan A. Gonçalves em terça-feira, setembro 20, 2016 Nota: 5
Todos os direitos reservados Animes Tebane © 2014 - 2017
Hospedado no Blogger, tema desenvolvido por Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.