Lendo uma História: The King Human - Capítulo 2


Forças maiores não me deixam postar 2 vezes por semana. Terei que seguir meu ritmo mais suave e postar o que posso!! Espero que continuem lendo.

Gênero: Ação, Aventura, Demônios, Mistério.
Sinopse: O antigo Rei Demônio foi morto 300 anos atrás pelos Cavaleiros Sagrados e o inferno ficou sem alguém para comandar. Demônios aos montes iam à procura de comida na Terra e seus números diminuíam cada vez mais graças aos Caçadores. Para que as forças do Inferno não caísse em desgraça, um novo Rei precisava se erguer. Com isso em mente, um demônio apostou tudo que tinha em busca de um novo Rei, na Terra.

-----------------------------------------------------------------------

Capítulo 2: Retornando para casa


Local: Curitiba, Brazil
Horário: 13:00 pm

O portal volta a se abrir, mas dessa vez ele aparece dentro de uma cidade, um lado cheio com prédios que cobrem a paisagem, do outro lado vários monumentos e construções lindas, é uma cidade magnifica que pode impressionar sempre ao ver. Em uma área remota e sem pessoas, perto de casas, ao meio de plantas e árvores. Ali saem do portal, um homem e uma mulher.

???:
-Hey Onna, você bem que poderia fazer algo com essa demora, uma hora dentro da dimensão do portal é realmente entediante e cansativo.

Onna:
-Você é algum tipo de idiota? Já expliquei várias vezes, com o meu poder atual, isso é o máximo que posso fazer. E que porcaria de técnica era aquela? Já te falei para não ficar imitando tudo que você vê na TV. Você precisa de técnicas próprias, não quero ficar sempre repetindo isso.

O homem tira de seu bolso um óculos, coloca em seu rosto e o segura com seu dedo, com um ar enigmático, começa a falar, querendo ensinar Onna sobre sua filosofia.

???:
-Minha verdadeira técnica é muito diferente, aquilo não passava de uma ilusão. Não tem como não imitar ilusões. Ilusões não tem muitas diferenças de uma para a outra, há única coisa é depender da imaginação. Uma ilusão é a pura arte da imaginação de alguém, nada pode se manifestar se você não tiver um nível de imaginação única. Demônios como você não entende como é ter uma imaginação, porque nós humanos imaginamos...

Onna ao perder sua paciência, parte para a agressão. Ela usa um soco veloz para arrebentar o óculos junto da cara do homem.
-PARA DE FALAR SOBRE "IMAGINAÇÃO" SEU MERDA.
Gritou Onna. O homem então some de onde está e reaparece atrás de Onna, com seu sorriso ele afirma sua filosofia. 
-Se você tivesse imaginação, teria me acert...
Mal terminou sua frase e seu corpo voou em direção a uma árvore, batendo com força e  impacto. Seu óculos partido e seu olho inchado, seu sorriso sumiu de vez.
-Não consegui escutar você, eu estava imaginando essa sua cara toda espancada.
Disse Onna ao estralar seus dedos com a outra mão. Não se passa nem ao menos 1 minuto e o rosto do homem já está normal, mas seu querido e amigo óculos, já não teve a mesma sorte.

Onna:
-Sua regeneração está cada vez me surpreendendo mais. Seus poderes já estão completos apesar de tudo.

???:
- Demorou bastante para aperfeiçoa-los, não imaginei que o treinamento fosse tão duro e puxado. Você é um demônio mesmo.

Onna:
-Demorou? Para ser sincera, isso foi muito mais rápido do que você imagina. 3 anos para um demônio, são como um final de semana para os humanos.

???:
-Sério? Um final de semana? Me pergunto quantos finais de semana já passou para você. HAHAHAHAHA.

Onna:
-Pirralho, se você quer morrer é só falar. 
Uma aura assassina se ergue em volta de Onna. O homem então se arrepende de sua pequena brincadeira.

???:
-Desculpe, desculpe. Isso não vai se repetir Onna!!!

Onna:
-Tudo bem, estou cansada demais para uma briga. Vamos logo para casa, preciso descansar.
Ambos se dirigem para casa.


Local: Curitiba, Brazil
Horario: 15:00 pm

Um pouco longe de seu ponto inicial, em frente a uma casa, um pouco grande só para duas pessoas, com dois andares, muros altos, um portão resistente e sem nenhuma vegetação a vista, eles então entram nessa residência. Nada se encontra ali no corredor principal. No primeiro andar não tinha nada além de uma cozinha, sala e um banheiro. No segundo andar, se encontram vários quartos, mas só dois são utilizados.
Onna seriamente cansada, aos prantos tendo que usar as paredes da casa como apoio, murmura.

Onna:
-Não entendo esse costume dos humanos, porque sempre me param para tirar fotos? Mesmo eu dizendo que eu não estou fazendo cosplay, eles não pararam de vir... as vezes acho que humanos são piores que demônios.

???:
-Já te disse para mudar de roupa, essa chama muita atenção. Já perdi as contas de quantas vezes fomos parados.

Onna:
-Vou para meu quarto descansar, não aguento mais esse mundo.

Onna lentamente sobe as escadas, no meio de seu trajeto ela para e olha para o homem.
-Não saia daqui de maneira alguma, não quero que você entre em contato com nenhum Caçador. Você sabe, certo?
Disse Onna preocupa. O homem balança sua cabeça afirmando que entendeu a situação. Então ela volta ao trajeto para seu quarto.
O homem ao ir para sala, ele deita no sofá. Ele fica pensando sobre o passado e em pouco tempo cai no sono.

Capitulo 2: Fim
Página: 03

Autor: Devys

-----------------------------------------------------------------------

Um capitulo normal, sem muito atrito ou ação.
Caso gostem, comentem e divulguem para seus amigos!!
Abri uma página no Facebook Oficial para a história!! The King Human Página