Top Ad unit 728 × 90

Animes Destaque Da Semana #21 - Orange Episódio 09! Explosão de ciúmes!




Esse artigo tem o objetivo de falar um pouco sobre os episódios dos animes em lançamento na temporada corrente. O artigo será formado por animes que na minha opinião mereceram destaque na semana, então vou falar sobre seus episódios e minhas expectativas, esperando sempre a colaboração de vocês leitores!

***

Estamos cada vez mais próximo da conclusão pessoal! Estamos essa semana alcançando o episódio nove do anime que irá até o episódio treze! Com algum drama, bastante romance e alguns desentendimentos chegamos no nono episódio alcançando agora a fase final da obra! Estamos próximos do fim, mas ainda há muito para rolar no anime! Segue abaixo a review do episódio nove de Orange.

Orange
(Episódio 09)

É claro que se no episódio passado terminamos com a revelação de que todos os cinco amigos de Kakeru haviam recebido cartas semelhantes, e que Naho não era mais exclusiva, esse episódio não poderia ter começado de outra forma a não ser nos explicando um pouco sobre as cartas dos demais, e o motivo de algumas ações deles. O argumento de Azusa foi bem fraco, e se nada nos foi omitido, sabemos que apesar de muitos fatos terem sidos narrados nas cartas antes do namoro de Kakeru com Ueda, só quando tal fato veio a acontecer que Azusa se deu conta de que a carta era verdadeira. Mas apenas ela se explicou, ninguém mais apresentou uma explicação sensata para não terem feito alguma movimentação anterior a esse dado momento. E de toda a forma a carta mais obscura de todas ainda é a do Hagita, que até onde eu poderia imaginar só deve conter uma narração de fatos que pede a ele para quebrar todos os momentos tensos com alguma piada ruim; é claro que essa minha afirmação é apenas uma piadinha, mas bem que tem parecido uma verdade. Como conclusão nossa protagonista só pode se sentir mais leve, o fardo que antes era absolutamente dela, e depois foi dividido com Suwa, agora é dividido com todos os amigos.

A inocente Naho precisa que tudo seja dito a ela, mas cada vez mais ela se dá conta do poder que ela tem sobre Kakeru, e como ela é a pessoa mais próxima de salvar ela. Mas é claro que inocente, toda vez que ela tenta usar desse "poder" ela acaba provocando risos, de alguma forma suas atitudes mesmo que desastradas ainda são efetivas. Se Naho agora está cada vez mais posicionada a entender que é peça-chave de todo esse drama, seus amigos estão dispostos a empurrar ela com toda força, e a colocar sempre na melhor posição para agir; e devo afirmar que de fato a garota precisa ser bastante empurrada para que algo dê certo, e isso que inicialmente pode parecer bom, visto de um ponto de vista superior pode não ser tão brilhante. Tantas são as ações combinadas e orquestradas para que o resultado seja o melhor possível, que todas as lembranças sendo criadas se tornam extremamente artificiais. Mas não importando que os resultados sejam totalmente artificiais, eles seguem guiando todos os fatos para os melhores resultados, mas Naho não parece disposta a ir tão longe com suas ações.

Após um passeio sob um guarda-chuva, um dos momentos mais esperados e românticos de obras do gênero, a chance perfeita a aparece frente a Naho. Com coragem, a garota propõem ficar de mãos dadas com Kakeru, e em contra partida ele a pede em namoro de forma bastante indireta, e ela não aceita. Mas
como ela poderia negar assim? Ela é louca? Talvez ela esteja certa. É um fato que os fãs da obra estão em grande parte desesperados para ver esse casal junto, mas devo afirmar que um relacionamento entre eles pode ser fatal para Kakeru. Uma amizade certamente tem seus bons e maus momentos, mas dentro do comum tudo é superável, mas dentro de uma relação romântica após uma separação uma poderosa barreira é criada entre os protagonistas da relação, logo se Naho aceitar namorar com Kakeru, ela terá que viver em uma montanha-russa de emoções, e a cada problema que surgir, Kakeru estará definitivamente mais próximo da morte, e em um possível cenário de separação ninguém mais poderia salvar Kakeru. Então mesmo que não seja o resultado mais feliz, Naho precisa se manter a uma certa distancia de Kakeru, o suficiente para que o amor não seja abalado.

O festival esportivo do colégio se inicia, sendo ele uma porta aberta para a tristeza de Kakeru. Não bastando a dor recente da perda de sua mãe, agora Kakeru precisa presenciar uma grande interação entre seus amigos e suas respectivas famílias; mesmo parecendo um pouco de egoísmo de Kakeru, ainda precisamos aceitar que para alguém com uma ferida tão grande ainda exposta, assistir algo assim amplia a sensação de solidão, e naturalmente Kakeru sente a dor da solidão, a falta de uma família de forma bastante direta. O único refresco que o personagem teve foi uma ação antecipada de Suwa, que sabendo como Kakeru estaria, conseguiu que sua avó pudesse estar presente nesse momento tão doloroso para Kakeru; é claro que não bastou isso para evitar lembranças dolorosas, porém ao menos podemos imaginar que serviu de refresco momentâneo perceber que não estava totalmente sozinho.

Não suficiente a solidão e as lembranças que pesavam os pensamentos de Kakeru, ele já de mau-humor começa a ficar sensível além do esperado, e o ciúme começa a aparecer como um gigante, e Kakeru passa
a agir feito uma criança, que apesar de saber exatamente o que quer, faz birra. Kakeru mente, evita expor seus sentimentos, e de fato evita Naho como se não quisesse mostrar seu lado mais frágil para a garota que ama, mas com reação acaba mostrando seu lado ruim, e por mais que isso pareça péssimo para a relação do casal, podemos enxergar isso com outros olhos, pois essa foi a primeira vez até então que Kakeru fez algo guiado pelos próprios sentimentos, sem se importar em parecer sempre perfeito e agradável a todos, um traço de sua personalidade sempre presente, e que o faz abrir mão de todos os seus sentimentos apenas para ser útil e agradável a todos, mas dessa vez o medo de perder Naho foi tão grande que ele enfim agiu sem a máscara que sempre cobre seus verdadeiros sentimentos.

Com o fim do episódio sem concluir o festival do colégio podemos imaginar que a obra ainda ira explorar bastante desse cenário, e possivelmente poderemos acompanhar grandes consequências, talvez agora indo por um caminho inesperado o casal Kakeru e Naho enfim consigam ficar juntos, ultrapassando a barreira do pessimismo de Kakeru. A expectativa agora é pela conclusão desse pequeno "arco" do festival esportivo! Além de ficar uma torcida para que os erros de animação presentes nesse episódio não voltem a ser tão presente nos próximos episódios.


Apesar dos vários erros de animação apresentados nesse episódio de número nove, o anime ainda segue sendo um dos melhores da temporada para mim, e certamente marcará as memórias de muitos fãs de romance! Bom, estou nas melhores das expectativas com o desenvolvimento dessa etapa final da obra, e vocês leitores, o que estão esperando? Comentem suas opiniões abaixo!
Animes Destaque Da Semana #21 - Orange Episódio 09! Explosão de ciúmes! Revisado por Jhonatan A. Gonçalves em terça-feira, agosto 30, 2016 Nota: 5
Todos os direitos reservados Animes Tebane © 2014 - 2017
Hospedado no Blogger, tema desenvolvido por Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.