Indicações da Semana 101 - Kamichu!


Bem-vindo(a) ao nosso artigo semanal de Indicações de Anime, onde toda semana eu recomendarei um anime (avá) falando um pouco sobre ele sem Spoilers para que você possa checar se ele faz o seu tipo ou não!

***

Eu sei que acabei atrasando novamente esse artigo, peço desculpas pessoal! Inclusive, viram meu artigo de animes em destaque dessa semana? Se não, deem uma olhada lá, vale a pena!Olá pessoal! Hoje na nossa centésima primeira indicação de animes, trago para os senhores "Kamichu!", uma obra esquecida no tempo!

Inclusive, se você é novato por aqui, pega seu dicionário otaku, ele salvará sua vida!


Nome: Kamichu!
Ano de lançamento: 2005
Gêneros:  Comédia, Drama, Cotidiano, Sobrenatural
Numero de episódios: 12+4(especiais)















Em uma pequena e bastante pacifica cidade litorânea do Japão, os seres humanos convivem de forma bastante confortável com seres sobrenaturais (Youkais, Mononokes e outros mais), e na pacifica cidade há um grande templo no topo de uma montanha, onde o deus da cidade habita, e o cotidiano da cidade segue pacifico sob a proteção de tal divindade.

Um dia uma colegial chamada Hitotsubashi Yurie durante o seu almoço no colégio, comenta com sua amiga Shijo Mitsue, que se tornou uma deusa. É claro que sua amiga não leva a sério o "pronunciamento", e decide lidar com o assunto de forma suave, é claro que em contra partida Yurie começa a falar mais alto sobre o assunto, querendo ganhar atenção de sua melhor amiga, porém ela ganha a atenção de Saegusa Matsuri, uma colegial de sua turma, filha mais velha do velho sacerdote que cuida do tempo local. Matsuri acredita de forma bastante abrupta na informação de Yurie, e decide a ajudar em sua "missão" de descobrir que tipo de deus ela é.

Matsuri é bastante animada, e decide que descobrirá os poderes de Yurie e a leva para o terraço de seu colégio, e após várias tentativas de descobrir os poderes da garota, Matsuri a instruí de que deve usar palavras mágicas pensando em seus mais profundos sentimentos, e que deve tentar controlar o vento, e quando o faz, algo parece ter mudado ao que a garota grita "Kamichu", mas de fato nada acontece. Mais tarde, a programas de Tv avisam que um tufão enorme está vindo em direção a cidade, e parece ter se formado do nada. Yurie percebendo que seus poderes criaram tal fenômeno, e após algumas dificuldades ela consegue o deter.

Seguindo o enredo, mesmo após descobrir parte de seus poderes, e ser oficialmente anunciada como deusa local, a garota ainda não sabe que tipo de deusa é, e qual a sua função de agora para frente, e ela contará com a ajuda de suas amigas para descobrir seu novo caminho.





O anime nos apresenta cenários muito calmos, em sua maioria cenários naturais e bastante ligados ao misticismo. A obra tem como tema de fundo um cenário rico baseado na cultura da religião xintoísta, então a quantidade de elementos que nos remetem a tal religião é imensa.

Há também no anime espaço para romance, porém é um romance bastante tímido e misterioso.

Por diversas vezes no enredo vamos presenciar uma naturalidade extrema de alguns personagens aleatórios em relação a fatos sobrenaturais que deveriam chocar, ou no mínimo criar curiosidade, e o anime basicamente não explica a falta de reação dos personagens, mas isso de certa forma reforça o clima calmo e suave que a cidade tem.

Os personagens do anime são muito interessantes, fugindo do básico clima colegial que normalmente nos deparamos em animes de cotidiano. Talvez pela passagem do sobrenatural a todo tempo nas conversas, mas o clima de misticismo realmente molda a personalidade de cada personagem de forma curiosa e interessante.





Se você leitor gosta de animes cotidiano/sobrenatural, ou busca um anime diferenciado e calmo, Kamichu é uma grande indicação para você. É um anime que pode ser comparado a obras como Mushishi e Natsume Yuujinchou, apesar de obviamente ter seus diferenciais.