Top Ad unit 728 × 90

Traduções - Por que fãs de anime pararam de assistir filmes de animes ?




Nasce aqui um nova tag desse blog: “Traduções do Haiju”.
Nesse novo bloco, EU farei traduções de bons textos que são escritos originalmente em Inglês ou em espanhol (futuramente, talvez em Francês ou Alemão, depende da minha capacidade de aprender melhor essas línguas). Esse primeiro será extraído do http://myanimelist.net/  de um usuário chamado “5camp” .
Ao final, será postado o link direto para o artigo (não queremos problemas por falta de créditos).



“Por que fãs de anime pararam de assistir filmes de anime ?



Os números não mentem. Muitos fãs de anime não estão assistindo os últimos filmes de anime. Por quê esse é o caso ? Nosso escritor intrépido tem algumas teorias de como novos fãs são degolados com séries para TV e como mudar essa tendência.


Eu vou fazer uma observação potencialmente controversa: Em algum ponto ao longo dos últimos anos, muito fãs de anime pararam de assistir novos filmes de anime. O ponto para isso veio quando eu descobri  que o novo filme de Ghost in the Shell  tinha sido lançado, tanto nos  cinema quanto em DVD com legendas em inglês, e eu ainda não tinha visto ,absolutamente, ninguém falar sobre isso. Mesmo que o filme fosse terrível, você poderia pensar que justificaria alguma discussão. Mas aparentou que ninguém nem se incomodou em assistir ao filme, julgando pelos número de “completos” no MAL (*nota do tradutor:myanimelist) ser apenas 2723. Para base de comparação, na última temporada, a completamente esquecível adaptação de Light Novel The Asterisk War tinha mais de 40000 “completos” e mais de 20000 pessoas ainda assistindo. Talvez os modernos fãs de anime apenas não liguem para Ghost in The Shell ?




Mas eu percebi que a tendência se espalha mais a fundo que isso. Os três filmes do estúdio Ghibli, incluindo o último filme que Miyazaki planejava fazer, tem índices de audiência bem miseráveis. The Wind Rises: 36399 “completos” . When Marnie Was There: 14692 “completos” (*nota do tradutor: esse filme passou no cinema da minha cidade, assisti duas vezes com menos de 3 pessoas na sessão, em um sábado, mas os eventos de “otaku” sempre é cheio de “fãs” de anime).  The Tale of the Princess Kaguya: 13976 “completos”. E esses são os filmes da Ghibli, o estúdio mais famoso por aí. Dê uma olhada nos novos filmes não lançados pela Ghibli e os números são  patéticos. Para tomar uma anime da TV aleatório dos últimos anos para uma comparação,  tivemos a Kyoto Animation’s adaptando a entediante Light Novel Beyond the Boundary: 166145 “completos”. Strike the Blood, uma inclassificável ação com vampiros: 101632 “completos”. Btooom, o anime mais conhecido por uma cena onde uma granada bate nos peitos de uma garota e volta para o rosto do arremessador: 186432 “completos”. Você pode, simplesmente, colocar isso como sendo um usuário do MAL sendo estranho, já que é mais provável a necessidade de usar o site ,como o MAL,  para manter nota em que episódio você está. Mas a partir de uma evidência anedótica, eu simplesmente não vejo pessoas falando sobre os últimos filmes de anime nos forums, chats ou no twitter, na mesma magnitude que o fazem com os últimos lançamentos de anime para TV.




Nós estabelecemos agora que isso é A COISA. A pergunta agora é, por que isso aconteceu ? Isso não costumava ser o caso certamente. Eu tenho uma teoria pessoal nessa matéria e isso envolve como os fãs de anime assistem os materiais. Voltando aos dias antigos antes da invenção do pão de forma, da roda e da internet banda larga, fãs que não queriam ver os cortes dos lançamentos na TV no seu próprio país, conseguiam as últimas legendas feita por fãs por meio de troca de fitas. Tinha um cara no seu clube de anime que tinha conexão e que trazia muitos lançamentos.  Ou isso ou você comprava as liberadas legalmente, por preços inflacionados. Ser uma fã de anime era caro e você guardava o anime que podia ver preciosamente. Nessa situação,  um filme ou um OVA era ainda mais valoroso para você. Você absorvia toda a experiência em apenas uma sentada, ao invés de apenas assistir dois episódios de uma série com mais de 50, onde você estava condenado a nunca ver a imagem completa.
As coisas mudaram drasticamente desde então. Isso começou com as legendas de fãs dos lançamento sendo divulgados online, e, especialmente, quando “legendadores” começaram uma corrida armada de “rápido legendamento”, resultando em grupos conseguindo os últimos episódios traduzidos e publicados em menos de 24 depois do lançamento no Japão.Enquanto baixar de um client IRC criou um tipo de barreira natural de entrada para muitas pessoas, uma vez que esses episódios foram colocados em sites de stream de anime, os hábitos de nossos fãs de anime começaram a mudar. Eles começaram a assistir muito mais, devido a facilidade que era assistir. Eventualmente, essa transformação ocorreu nas próprias companhias, lançando seus animes eu suas próprias plataformas de streams ou em parcerias com sites de stream, como o Crunchrolly (*nota do tradutor: vale a pena pagar). Agora, abruptamente, quase tudo que sai do Japão está disponível para ser assistido quase instantaneamente. A cada 3 meses você tem outros 20 novos animes para ver.
Essa tendência passou os filmes de anime. Quando os filmes são lançados no Japão nos cinemas, você não consegue ver por anos no exterior,  a menos que você seja sortudo e viva perto de um cinema que, regularmente, passa filmes de anime. As vezes, eles são lançados em DVD, mas isso não significa que eles foram lançados pelos sites de streams. As vezes, eles são lançados em inglês, isso não resulta em uma massa crítica de pessoas disposta a assistir o filme, então ele nunca chega a “pegar”. Parece que as companhias de anime já perceberam isso. No ocidente, isso significa que muitos filmes de animes são direcionados para a audiência mainstream ao invés dos fãs de anime (filmes da Ghibli obviamente, mas a Funanimation gosta to usar jogos popular e adaptar para filmes de anime). No Japão, é popular ter número limitado de telas com grande quantidade de propaganda, que é uma tendência que está sendo usada pelo ocidente como provaram as telas do último Love Live movie



Talvez o exemplo mais claro recentemente que as companhias de anime perceberam como os hábitos dos fãs de anime ocidentais mudaram vem do lançamento do filme de anime Garakowa -Restore the World-. O filme lançou nos cinemas do Japão no final de Outubro, mas o Crunchrolly recentemente anunciou que eles tinham direito exclusivo de fazer stream do filme em 16 de Janeiro (link:  Crunchyroll recently announced they had exclusive rights to stream the movie on January 16) . Se isso for um sucesso, eu acredito que nos vamos começar a ver um mundo de novas coisas, e eu espero que isso seja um sucesso.  Melhor acesso para os novos filmes de animes para todos pode apenas ser uma boa coisa. Graças a isso, novos fãs vão começar a assistir filmes de anime mais regularmente. "

Link original: 
http://myanimelist.net/featured/1284




Traduções - Por que fãs de anime pararam de assistir filmes de animes ? Revisado por Haiju em segunda-feira, fevereiro 01, 2016 Nota: 5
Todos os direitos reservados Animes Tebane © 2014 - 2017
Hospedado no Blogger, tema desenvolvido por Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.