Top Ad unit 728 × 90

Indicações da Semana 32 - Beck: Mongolian Chop Squad


A indicação de anime desta semana está aqui mais uma vez! Caso você esteja curioso sobre as outras indicações que eu fiz até hoje, clique aqui, mas não vá lá ainda, leia a recomendação abaixo primeiro =]

***


Nome: Beck
Gênero: Musical
Episódios: 26
Lançamento: 2002










Apesar de ser totalmente obcecada por música, eu nunca havia tentado assistir um anime musical, tudo porque a maioria dos que já ouvi falar são algo mais "idol", havendo aparentemente bastante Moe e Bishounen. Mas uma indicação aleatória me fez respirar fundo e tomar coragem para esta obra, tudo porque ela é livre dos fatores que eu citei anteriormente. 


A base da história é que um garoto de 14 anos chamado Tanaka Yukio (e apelidado de Koyuki) salva um cão chamado Beck de apanhar algumas crianças, o dono do cachorro é Ryuusuke Minami, um jovem de 16 anos que foi naturalizado como americano e que está tentando fazer sua banda decolar país a fora. Mas a banda de Ryuusuke não está indo muito bem devido a desentendimentos entre os membros dela (o que é muito comum no mundo musical).



 
Junto de sua amiga de infância Izumi, Kyouki vai a casa de Ryuusuke e acaba ficando totalmente excluído no assunto, já que ela e o garoto começam a falar sobre as bandas das quais a casa dele está cheia de CDs enquanto Koyuki nem mesmo ouvia música em seu dia a dia. 

Ele tenta não ficar para trás e se torna um ávido fã de música, indo tão longe que Ryuusuke dá para ele uma guitarra semi acústica* para que Koyuki possa aprender a tocar.  
*Se quer saber que tipo de guitarra é essa, comente abaixo que eu responderei. 



Sem querer entrar em Spoilers, devo dizer que este é um anime obrigatório para qualquer um que goste de música, independente se a pessoa gosta ou não de Idols, afinal, como eu disse, o anime não tem todo esse Glamour Bishounen e segue de forma realista cada passo que uma banda tem que enfrentar para se destacar e fazer sucesso.
 
Para se ter uma ideia de como o anime acontece, não há personagens inocentes nele e sendo assim, Koyuki pode simplesmente chegar na casa de seu amigo e encontrá-lo nu com uma garota, além de cigarro e álcool serem apresentados sem muito foco durante a obra inteira, afinal, casas de Show de pequeno porte têm fumantes e bêbados, isso é normal. Assim como membros de banda que se acham e bebem até a morte e.e

Se você acha que algum deles fez algo além de falar um calmo "Olá", está enganado XD
O gráfico é uma coisa bem notória, o anime tem traços um pouco mais realistas (como Gantz, mas sem as tripas voando), eles podem assustar quem está acostumado com as cores brilhantes dos animes atuais, pois os efeitos brilhantes não estão presentes e as cores são fracas, afinal, o anime é antigo. Se você olhar as imagens do anime com atenção, vai notar que ele na verdade é muito bem desenhado e bonito, então os gráficos não devem de forma alguma ser uma coisa que vai incomodar. 


Claro que por tratar do mundo musical, o anime nunca deixaria de ter muitas referências e até mesmo aparições indiretas de ídolos e bandas reais como The Who, Jimmy Page, The Beatles, The Rolling Stones, Steve Vai, Tom Morello e etc. Assim como a presença de músicas criadas justamente para serem apresentadas no anime como canções das bandas fictícias que existem na trama (preciso falar que com isso a trilha sonora é ótima?).

Falando de forma mais "intimida", devo dizer que este foi um dos poucos animes que conseguiu me envolver de maneira total, como por exemplo na hora que o personagem puxa o fôlego diante do microfone para cantar ao vivo pela primeira vez... Neste momento meu coração disparou sem precedentes e minhas mãos ficaram frias como se eu tivesse no lugar dele.


Quero finalizar dizendo que indico esta obra para os amantes de música ou as pessoas que pelo menos tenham certo gosto por ela, ou seja, se você for uma pessoa que realmente não se importa com esta maravilhosa arte que eu gosto de chamar de "ressonância da alma", não acho que você vá conseguir entender o peso deste sonho e  também algumas coisas, como por exemplo a comparação de um baterista cujos timbres são vazios e outro que revela sua alma através das mesmas batidas... Bem, eu consigo sentir a diferença perfeitamente, mas talvez porque meu amor pela música seja mais de dezoito mil!  

Caso sua mãe ainda mande em você (ou seja, caso você tenha menos de 96 anos), veja este anime com cuidado, pois após vê-lo você vai querer largar a escola e tentar formar uma banda!!! XD

*** 

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook para ficar ligado às novidades do Animes Tebane em primeira mão! Clique nas imagens abaixo!
 

https://twitter.com/AnimesTebane
https://www.facebook.com/animestebane

Se você gosta deste quadro semanal, compartilhe com seus amigos e comente abaixo sua opinião para que ele possa continuar!
 





Indicações da Semana 32 - Beck: Mongolian Chop Squad Revisado por Natalia Gomes em sábado, março 07, 2015 Nota: 5
Todos os direitos reservados Animes Tebane © 2014 - 2017
Hospedado no Blogger, tema desenvolvido por Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.