7 Animes que quebram a quarta parede!



Calma! A parede que quebrou nesse caso não foi a de Kyojin! O termo "quebrar a quarta parede" nasceu no teatro, onde a quarta parede seria a parede imaginária que existe entre os atores e o público, e hoje vamos pegar carona nesse termo para apresentar uma lista com sete animes que quebram essa parede e misturam vida real com anime! A seguir, veja a parede se quebrar!


1° Kitakubu Katsudou Kiroku

"Esse não é o episódio três!"

Kitakubu Katsudou Kiroku é um anime de cotidiano sem um grande enredo, mas algo que ele faz com vontade é quebrar essa parede entre espectador e obra. Por diversas vezes o anime acaba com essa distância fazendo piadas sobre a audiência do anime e a pouca venda de DVD's. O anime vai tão longe que chega a criticar a si mesmo... Mais criticar esse anime é fácil, tanto que até eu já fiz isso, vai ai o link.


2° Gintama

Agora a Toei Animation vai nos matar!

Talvez o maior quebrador de paredes entre todos os animes! Alguns episódios de Gintama são exclusivamente focados em misturar realidade e ficção, tanto que existem até sagas focadas nisso ao decorrer do anime e mangá. Não é raro um episódio ou outro apresentar dados técnicos, nomes de pessoas da equipe de animação ou estúdios, além da revista Shounen Jump ser referência fixa ao decorrer do anime.


3° Hayate No Gotoku!

Nabeshin Surgindo como personagem!

Hayate também é um mestre em quebrar a quarta parede, mas a cena em questão talvez não tenha capturado a sua atenção quando viu o anime, isso porque as piadas com esse personagem de fundo na cena acima são o tempo todo uma grande brincadeira com o diretor Nabeshin, que foi retratado dentro do anime e foi vítima de várias piadas sobre sua personalidade excêntrica e seu cabelo afro...


4° Danshi Koukousei No Nichijou

"Esse é um anime sobre a vida cotidiana!"

Animes de comédia cotidiana não costumam perdoar essa tal de quarta parede, e Danshi Koukosei brinca em vários de seus episódios com a vida normal e o fato de estarem em um anime...


5° Etotama

"Viemos do episódio de roupa de banho direto para o episódio de fontes termais!"

E que tal criticar o enredo clichê e a velocidade do desenvolvimento do episódios de uma só vez? Isso acaba sendo engraçado e deve afastar as críticas negativas não é?


6° Saekano

"Porque no último episódio não tive nenhum tempo na tela, obviamente"

E as vezes a melhor justificativa para um personagem reaparecer do nada é quebrar a quarta parede e ir direto ao ponto: Nenhum personagem pode cair no esquecimento!


7° Monogatari

"Minha dubladora é excelente!"

Mas nem só de críticas vive o quebramento da quarta parede, às vezes um elogio que precisa ser feito é colocado em ação; agora imagina só como deve ser ruim você interpretar um personagem que está elogiando você mesmo :v deve ser no mínimo desconfortável!




Falando em quebrar paredes, que tal quebrar esse gelo e comentar sobre o artigo? Sinta-se a vontade para listar outros animes que quebraram essa parede!


9 Sinais de que você é um Otaku sem salvação!



Hoje nós vamos descobrir o quanto Otaku você é de verdade; vamos descobrir se você está apenas atolado pelo joelho nesse mundo estranho de animes e mangás ou se já se afogou e não tem mais volta! Quer descobrir se é um Otaku definitivo ou apenas um passageiro na arte de assistir anime e passar vergonha? Então vamos lá...


1° Já passou mais de 5 horas seguidas assistindo animes?

É manhã? É Noite? Dane-se, preciso colocar os animes em dia!

Essa é uma pergunta importante! O título poderia ser "Já viu mais de X episódios?" mas eu sei bem que tem gente por ai que jura que viu cem episódios de anime em um único dia, exige gente por ai que não sabe fazer as contas e pisa com tudo no acelerador, então vamos falar em horas! Sim, Horas! Quantas horas seguidas já passou na frente da tela assistindo anime? Já aconteceu de passar mais de cinco horas seguidas apenas assistindo e sem nem perceber? Se a resposta é positiva, então você está sendo sugado para o mundo Otaku sem volta!!!



2° Já chorou assistindo algum anime?

As vezes o choro nem tem motivo, mas tristeza é tristeza, isso se você tem coração...

Okay que isso já exige ter um coração, e um coração bem sensível, apesar disso sei bem que alguma parcela do nosso público sequer ter coração, mas vamos lá. Já chorou assistindo anime? Muitos animes tem aquela cena triste e que destrói o coração alheio, e já indiquei aqui no blog uma variedade enorme de animes de puro drama onde a cena triste é o próprio anime inteiro! E agora vem a pergunta, já teve alguma cena, seja qual for, que já te fez cair em lágrimas? Então, se já aconteceu com você, significa que já foi dominado pela cultura Otaku, já se tornou tão próximo dos personagens que sente dor pela morte ou sofrimento deles...



3° Já atravessou a camada mainstream?

O que? Mas como você não conhece aquele anime de 3 episódios que lançou em 1986 no evento em Tokyo?

A pergunta equivale a "Já assistiu animes que não são modinha?" Já começou a se aventurar por obras mais desconhecidas, saindo dos animes que todo mundo já assistiu e indo para aqueles que poucas pessoas conhecem? Já pulou da barreira inicial dos animes populares para aqueles animes totalmente desconhecidos para grande parte do público? Caso a resposta seja positiva, é hora do desespero, você está se transformando de um Otaku sem volta, pare antes de acontecer ou viva com isso!



4° Já discutiu para defender ou criticar um anime em redes sociais?

"O melhor anime do mundo é..." "Não existe anime melhor nem pior" "Otaku de verdade não crítica anime" -Falas clássicas

Agora é hora de falar a verdade! Você já discutiu por conta de animes/mangás? Seja lá uma discussão contida e cheia de bons argumentos com todo o tom Cult ou aquela discussão moleca cheia de Naruto é melhor que Goku ou vice-versa, já participou de uma discussão assim em redes sociais? Se a resposta é sim, então tenho uma má notícia: Você já está caindo para o lado Otaku da força, mas pode ser que ainda tenha salvação!



5° Você tem um(a) Seiyuu Favorito(a)?

Mas ai já beira a ser Stalker, isso dá cadeia!

Se leu Seiyuu e está pensando em peitos, tetas, também conhecidos como maravilhas e mimosas, então você está longe de estar perdido. Mas, se você sabe que Seiyuu é a palavra Japonesa para "ator de voz", então podemos continuar... Se sabe o que é Seiyuu, você tem um(a) seiyuu favorita? Aquela voz que quando vai aparecer em uma obra você assiste só por saber que vai poder ouvir aquela voz especial novamente? Se você é assim, parabéns, além de Otaku é também um belo Stalker!



6° Já se imaginou dentro de um anime ou mangá?

E as vezes a imaginação ganha vida, e você termina vestido de alguma coisa bizarra...

Enquanto tomando banho, lá no chuveiro ou quem sabe no quarto sozinho deitado na cama, você já parou e se imaginou dentro de algum anime? Ficou perdido por vários minutos imaginando a própria reação com algum acontecimento ou interferindo em alguma situação dentro de algum anime? Se isso aconteceu, você está tendo sua mente corrompida pela cultura Otaku, acho que você deveria aproveitar que ainda tem volta, e fugir sem olhar para trás!



7° Tem produtos Otakus, ou gostaria de ter?

A estranha adoração do Otaku comercial, ou um agradecimento pelo dinheiro bem investido...

Mangás, camisas, travesseiros, canecas, bonecos de ação... Você tem alguma coisa do tipo no seu quarto, na sua casa? Existe uma grande diferença em ser um Otaku de graça e um Otaku que paga para manter o vício, quando você começa a pagar para manter seu vício, significa que está se tornando um Otaku profissional, ou seja sem volta.



8° Você tem uma Waifu/Husbando?

Ter Waifu é um sinal definitivo, esqueça a vida, você já era.

Só saber o que significa Waifu ou Husbando já te coloca em uma posição bem sensível, mas se você por um acaso mantém um personagem em posição de amor intenso no seu coração, se você é obcecado por imagens e tudo relacionado a personagem, se acredita que (2D>3D) e se vive em redes sociais dizendo "X personagem amorzinho", você já se afogou completamente no mundo Otaku, você não tem salvação mais.



9° Já assistiu hentai além da mera curiosidade?

Mas então, já pensou em uma clinica de reabilitação?

Curiosidade é normal, se você já assistiu alguns animes hentai apenas por curiosidade, você está liberado, não está tão mal assim. Mas se você tem frequência em assistir hentais, adora doujinshis já até tem site favorito para caçar seu material oculto, então meu amigo, eu nem preciso te dizer, você já sabe muito bem, porém para que os demais tenham medo de você, vou dizer: VOCÊ NÃO TEM MAIS VOLTA!



Você é um Otaku sem volta? Quantos desses sinais você apresenta?

Nenhum, estou livre da Otakise!
De 1 a 3 Sinais, estou me transformando em Otaku, o que fazer!?

De 4 a 7 Sintomas, eu já me transformei, Não tenho volta, sou Otaku Kawai!
De 8 a 9 Sintomas, em terra de Otaku eu sou rei!
Poll Maker


*Postado originalmente em 01/03/2017

Então, agora que já sabe qual seu nível Otaku, lembrou de algum outro sintoma dessa transformação? Conte para nós!

5 Coisas que estou gostando ou não em Boku No Hero Academia!



Vamos listar o que estamos ou não gostando em Boku No Hero? Então aqui vão as cinco coisas que gostei ou não no anime:


1° Estou gostando da adrenalina!

O anime tem sido um grande vendedor de emoção, entusiasmo, a obra sempre trata as cenas com narrativas exageradas e que de certa forma criam expectativa e adrenalina no espectador. Você sabe qual é o tamanho da diferença entre os poderes de quem luta, mesmo assim a obra normalmente te faz torcer até a última gota pelo mais fraco, mesmo que nem sempre seja esse o resultado...


2° Não gostei da derrota do Izuku...

Mesmo que a luta de Izuku contra Shouto tenha sido mais uma demonstração de como ele é um herói que se sacrifica pelos outros, ainda foi um sacrifício sem retorno, normalmente esperamos que o protagonista seja imediatamente recompensado por escolher o caminho certo, e nesse caso não foi de imediata a recompensa. Todoroki usou todo seu poder sem medo para vencer Izuku, e mesmo assim nosso protagonista segurou muito de seu poder para não machucar e nem vencer seu inimigo antes que ele atingisse um poder completo; ou seja, Izuku se ferrou por ser "bonzinho" isso é um pouco frustrante...


3° Gostei do número de episódios!

Apesar da derrota de Izuku ter sido uma marca triste para torneio e em si para a segunda temporada do anime, ainda é muito satisfatório saber que o anime terá seus 25 episódios e diferente da primeira temporada o anime ainda vai nos entregar muito conteúdo antes de se despedir!


4° Não estou gostando da falta de dinâmica nos combates!

Por mais que eu tenha ficado apreensivo e tenha subido aquela adrenalina durante os combates, boa parte dessas características positivas dos combates são originadas não do próprio combate mas da narrativa exagerada. A verdade é que as lutas estão pouco dinâmicas, com movimentação bem baixa, normalmente cada personagem marca seu espaço, e então começa a "troca" de arremesso de poderes; normalmente aquele para quem você vai torcer é quem vai ficar se movimentando fugindo do inimigo. A movimentação não é tão bonita e elaborada como de alguns animes de ação que se tornaram referência para o gênero.


5° Estou gostando da criatividade!

O que me fez apaixonar por esse anime, cujo o mangá li na estreia e detestei, é simplesmente a criatividade! O autor passa longe de repetir o modelo para a criação de poderes e personagens que normalmente vemos por ai, ele é ousado e cria habilidades realmente complicadas de se lidar em combate, sinto que as vezes ele entrega até poderes muito interessantes para personagens pouco importantes.



Até agora, qual a sua nota para essa continuação de Boku No Hero Academia?




Agora que já até votou, dê sua opinião também ela é de importância gigantesca! O que você gostou ou não no anime?


4 Melhores animes para assistir no inverno!


Quando o sol ainda brilhava quente, nós fizemos a lista de melhores animes para assistir no calor do verão, e agora que a coisa por aqui esfriou legal, vamos aos animes que você deve assistir em pleno inverno gelado! No Dia 21 começa o inverno, e nossas indicações de animes para essa estação fria estão logo abaixo!


1° Kanon (2006)

Episódios: 24 ||Ano: 2006  || Estúdio: Kyoto Animation || Gêneros: Drama/Sobrenatural

Mas é claro e óbvio que o genial estúdio de jogos Key faria presença vip aqui, até porque quem acompanha o blog sabe muito bem da minha paixão pelo estúdio e ainda maior amor pelo anime Kanon, o qual já escrevi artigos super elaborados só para confirmar o meu amor pelo anime. Kanon encontra cenário em um rigoroso inverno japonês onde tragédias vão acontecer a volta de Yuuichi, com o frio vem também as lágrimas! Mas não é só isso que Kanon vem trazendo, o anime nos apresenta um clima muito divertido de se assistir, uma relação muito próxima entre os personagens e alguns mistérios cheios de reviravoltas! Apesar de todo o frio e neve, Kanon certamente é a escolha mais adequada para aquecer seu coração, com muito romance e alguma aventura e ação!

Após sete anos poucas coisas mudaram, e algumas poucas memórias permanecem... Yuuichi retorna a cidade onde há sete anos atrás havia visitado e vivido muitas coisas, mas apesar disso não se lembra de nada. Por conta de seus estudos Yuuichi se muda para a casa de sua tia, onde reencontra sua prima Nayuki, e com o passar dos dias Yuuichi acaba descobrindo que ainda há muita gente para reencontrar na cidade e memórias para recuperar, além do reencontro com a garota que é o amor de sua vida; em meio a todo mistério o inverno rigoroso parece ser a barreira para a felicidade dos personagens, isso enquanto eventos sobrenaturais começam a acontecer!


2° Bokura ga Ita

Episódios: 26 ||Ano: 2006  || Estúdio:  Artland || Gêneros: Drama/cotidiano

Outro anime que se passa quase todo durante o inverno é Bokura Ga Ita e aproveitando o embalo da estação mais gelada do ano, esse anime nos apresenta a tristeza e o amor em um mesmo plano fácil de enxergar. O inverno é uma estação muito triste, onde a natureza parece quase morta, mais é nesse cenário onde o amor também parece encontrar seu auge, e é na relação de dor, tristeza e amor de Yano e Nanami que o anime cria seu enredo cheio de drama, mistério e claro, romance!

Na sala de aula de Takahashi Nanami (Nana) há um garoto (Motoharu Yano) muito popular, e os boatos que correm sobre ele é de que ele conquistou quase dois terços das meninas da escola. Por esse motivo Nana acredita que ele seja convencido, mas acaba sendo envolvida por ele e o conhece melhor. Yano por sua vez esconde um passado amargo algo que Nana tenta compreender.


3° Mushishi

Episódios: 46 ||Ano: 2005  || Estúdio:  Artland || Gêneros: Drama/cotidiano

Mushishi é um anime de muitas estações, cenários e histórias! Porém, de alguma forma parece que o inverno é uma peça chave e de grande destaque durante a obra. Certamente quem já assistiu deve se recordar das intensas caminhadas de Ginko com aquele casaco pesado passando em meio a muita neve e reclamando do frio. O anime é o baseado em drama e algum mistério, com momentos de ação, romance e comédia; normalmente em segundo plano será possível notar a estação, a temperatura e a natureza, uma obra onde o segundo plano, o cenário é vivo e nos transmite muitas informações, uma obra perfeita para assistir no calor das cobertas!

A história apresenta criaturas onipresentes chamadas Mushi que frequentemente apresentam poderes sobrenaturais. Os mushis são descritos como seres em contato com a essência da vida na sua forma mais básica e pura. Devido à sua natureza efêmera, a maioria dos seres humanos são incapazes de perceber os mushis e são alheios à sua existência, mas há alguns que possuem a capacidade de ver e interagir com tais seres. Uma dessas pessoas é Ginko, o personagem principal da série. Ele emprega-se como um "Mushishi" (termo dado a pessoas que possuem a habilidade de enxergar Mushis) viajando de um lugar para outro a pesquisar mushis e ajudar pessoas que sofrem de problemas causados por eles. A série é uma antologia de episódios em que os únicos elementos em comum entre os episódios são Ginko e os vários tipos de Mushi. Não há excesso de arqueamento trama.


4° Blood+

Episódios: 50 ||Ano: 2005  || Estúdio:  Production I.G || Gêneros: Ação/Sobrenatual

Muito embora não seja totalmente focado no inverno, é durante o rigoroso e mortal inverno Russo que o anime ganha seu clímax, com muita neve e intenso frio que a obra acaba encontrando sua vida, e nos mostra mais uma vez a protagonista Saya se envolvendo em combates de tirar o fôlego! Com drama, muito mistério e uma dose grande de violência e sangue, a obra nos conta um pouco da história da protagonista Saya, também protagonista de Blood-C. Se as indicações anteriores para seu inverno eram muito "frias" provavelmente Blood Plus será o calor que falta para te esquentar e te curar desse frieza de vez! Com cenas de ação de tirar o fôlego, é certo que o seu inverno vai ficar muito mais quente!

A adolescente Saya Otonashi leva uma vida normal com seu pai, George Miyagusuku, um militar aposentado da guerra do Vietnã, e seus irmãos adotivos, Kai e Riku em Okinawa, no Japão. Porém sua memória a limita a apenas ao ano anterior de sua vida. O que terá acontecido à Saya? Misteriosos acontecimentos como o aparecimento dos Chiropteras (seres que somente Saya é capaz de derrotar) vão cada vez mais envolvendo Saya numa trama que pode lhe revelar o seu passado secreto.



O Inverno chegou! Nos conte o que você pretende assistir em meio a cobertores e muito frio!

4 Melhores sensei's dos animes!



A título de curiosidade adicionamos uma enquete para vocês votarem nos seus professores favoritos dos animes, e após o resultado coletei esses dados para listar hoje para vocês os melhores sensei's dos animes! Admito, não me surpreendeu muito o primeiro lugar... Enfim, confira agora quem são os professores mais amados dos animes!


4° Biske (HunterxHunter)

Em aparência talvez ela deixe a desejar, afinal ela não tem exatamente a aparência de uma professora (muito embora ninguém nessa lista cumpra esse requisito), Biske é uma garotinha de cinquenta anos de idade e que como instrutora é muito habilidosa, foi ela quem ensinou grande parte de tudo que os protagonistas de HunterXHunter conhecem. Nada paciente e com métodos de ensino bastante peculiares, ela exige resultado dos seus alunos e só ensina os melhores!



3° Haine (Oushitsu Kyoushi Haine)

Talvez seja quem mais parece um professor nessa lista, não que sua aparência não seja quase tão jovem quanto a da Biske, mas o seu ar de superioridade e suas roupas próprias para professor o colocam com um certo tom de seriedade. Haine é inteligente e bom em tudo que faz, não há muitas exceções para suas habilidades, mas uma delas é desenhar, pois isso definitivamente ele não sabe. Misterioso e exigente, ele é o responsável por dar instrução aos filhos do rei de um dos mais poderosos reinos da terra, e com essa missão difícil vêm as dificuldades de controlar as personalidades de cada um dos herdeiros do rei.


2° Eikichi Onizuka (GTO)

Certamente quem menos parece um professor dessa lista! Ele é só um delinquente, age como um e nem ao menos conhece a matéria que deveria ensinar para seus alunos, pouco poderia ser capaz de competir em uma prova contra os próprios alunos, mas mesmo assim os dá lições que vão levar para o resto da vida! Onizuka é um professor incomum dando lições estranhas, mas que ensinam mais do que qualquer livro poderia! Com seu jeito Badass, ele faz o que quer quando quer, e arrasta sua turma toda junto.


1° Koro-Sensei (Ansatsu Kyoshitsu)

O professor mais amado segundo vocês, segundo eu mesmo, e segundo o universo. Koro-sensei, inicialmente o alvo para assassinato de uma classe de estudantes, acaba por se tornar o ideal a alcançar por esses alunos, enquanto os ensina regras para assassinatos ele também os apresenta toda variedade de conhecimento sobre o mundo e os prepara para a vida de forma inigualável. Koro-sensei é sempre sorridente e um dos professores mais amados do universo otaku! Um sensei capaz de entregar sua vida pelos alunos, o professor polvo!



Algum outro incrível professor que merecia estar aqui? Conte para nós nos comentários!



7 protagonistas de animes mais ferrados que você, mas que todos invejam!


Certamente você já se colocou no lugar de algum personagem legal de anime, queria viver a aventura dele e lutar a causa que ele luta, mas será que isso é mesmo uma boa ideia? Hoje a lista é sobre personagens que definitivamente você não deveria invejar!


1° Satoru - Boku Dake Ga Inai Machi

Com seu poder de retornar no tempo, o chamado Reset, Satoru é um personagem muito invejado, ainda mais pela possibilidade de retornar a idade de criança e resolver questões que ficaram para trás. Mas o fato é que com grandes poderes vem grande prejuízo, e se você analisar um pouco ele se esforçou muito para pouco resultado, e no fim teve apenas o que já poderia ter mesmo sem seus poderes! Para terminar, no fim do anime [SPOILER] [SPOILER A FRENTE!] ele ainda se encontra com a garota que fez par romântico casada com seu melhor amigo e já com filho no colo, e para ele sobrou apenas seguir enfrente após ficar vários anos em coma para salvar os outros.


2° Tatsumi - Akame ga Kill!

Quem não quer ser o centro das atenções e participar de uma alucinante aventura cheia de ação e momentos épicos? Eu, certamente eu não gostaria de fazer parte dessa loucura. Tatsumi começa sua viagem como um simples garoto em busca de poder e dinheiro para sua pequena vila, e termina como um herói a ser lembrado para todo sempre, mas a que preço? [SPOILER!] A preço de sua vida, pobre Tatsumi morreu sem ver o império voltar aos trilhos. Incrível é alguém ainda invejar sua vida.


3° Eren - Shingeki No Kyojin

O quão ferrado é um cara cujo perdeu tudo? Não tem casa, nem família, tem amigos, mas os faz correr risco o tempo todo, sua vida é mantida a custa da vida de centenas a sua volta, e tudo que pode fazer é se esforçar e dar o seu melhor, coisa que normalmente termina dando errado. A responsabilidade nas costas do pobre Eren é tão grande quanto o titã colossal, ou quem sabe até maior...


4° Kou - Arakawa Under the Bridge

E se tem alguém para invejar, esse certamente não é o Kou. Imagine você que ele é um dos homens mais ricos do mundo, tudo deveria estar a seus pés, e mesmo dessa forma ele precisa viver debaixo da ponte. Eu sei, dentro do anime há toda uma romantização a volta da coisa de morar debaixo da ponte, mas a verdade é que isso é ser mendigo, isso é horrível de toda forma que eu possa olhar; por mais que a obra queira elevar isso a estado de correção de personalidade, uma forma de viver feliz certamente não passa por morar abaixo de uma ponte.


5° Hideki - Chobits

E falando em romantizar coisas loucas, aqui temos outro exemplo de coisa que é loucura invejar! Hideki passa o anime todo lutando pelo amor de uma boneca. Na vida real chamamos alguém assim de louco, pervertido, e coisas que não poderia nem citar aqui! Muita gente inveja o relacionamento de Hideki e toda a sua saga apaixonante, mas a verdade é que ele só está lutando por uma boneca inflável versão 2.0.



6° Shinji - Evangelion

Apenas não queira ser ele, caso contrário você é louco. Invejar esse cara é passar dos limites. Não é necessário descrição, esse cara, só não seja ele.


7° Ushio - Ushio to Tora

Imagine você ser o definitivo escolhido para salvar o mundo! Cara, imagina que pressão! Só por ter que estudar ou trabalhar você já sente que o mundo pesa sobre seus ombros? Agora imagina precisar corresponder as expectativas de salvar todo o mundo! Agora imagine isso quando seu inimigo coloca os mais poderosos e experientes guerreiros de joelhos só com um olhar, e já derrotou seus amigos "escolhidos" do passado sem dificuldade alguma. Essa é a missão de Ushio, ninguém merece tanta pressão!


Hoje aprendemos que nem sempre ser protagonista é sinal de boa vida! Lembrou algum outro protagonista ferrado? Então conte nos comentários!


7 coisas que gostei ou não em Shigenki no Kyojin Segunda Temporada!


Como funcionará esse artigo? Simples! Eu vou listar coisas que estou curtindo em algum anime qualquer em lançamento, farei uma enquete qualquer sobre o tema, e ficarei esperando vocês leitores para listar o que VOCÊS estão gostando no mesmo anime. Mas assim ficaria fácil, vou listar o que eu também não estou gostando, e vocês também...
Então começou, está valendo :v

Para dar início a essa nova fórmula de artigos por aqui, vou começar com um popular e muito fácil de opinar! Vamos ao Shigenki no Kyojin!


1° Não gostei do número de episódios!

"Não gostou do número de episódios? Reclama lá no Ipiranga!" - Titã Debruçado

Eu esperei por anos a fio por esse anime, e quando chega me dão um anime de apenas doze episódios? Isso é um crime de morte, ninguém merece ter apenas esse trailer em forma de anime para um anime tão atrativo! Eu realmente esperava um anime com dois cour, ou seja, vinte e quatro episódios...


2° Gostei da abertura e do encerramento!

Que angelical, bons sonhos...

A abertura podia ser um pouquinho mais alta em questão de tom, mas ainda é incrível, tanto que já está na minha playlist de aberturas de animes; agora o encerramento Yuugure no Tori é simplesmente assustador! Ele te coloca naquele climão de terror medieval, eu simplesmente viciei naquela música da banda Shinsei Kamattechan, eles mandaram muito bem nessa!


3° Não estou gostando do Eren, para variar...

Nem o Eren gosta de si mesmo, por isso vive se mordendo... E eu fico me mordendo de raiva também...

Ele nem parece protagonista, ou melhor parece até demais... Em um anime tão obscuro nós temos um Naruto gritalhão e que só se atrapalha e por conveniência do enredo acaba uma hora ou outra fazendo alguma coisa certa. Acho que chegou já a hora de crescer um pouco o personagem, ele já viu tanta morte, tanta destruição, já não é hora dele simplesmente crescer, amadurecer e aprender a resolver os próprios problemas sem ficar gritando e dependendo da Mikasa?


4° Estou gostando do Eren, sou bipolar as vezes...

"Estou de olho nessa sua indecisão entre odiar ou gostar do Eren..."  -Titã da parede

Ele ser retardado faz o enredo andar, enfim, podemos dizer que as vezes ele é um idiota necessário, mesmo que já esteja na hora dele crescer e parar com os ataques de fúria dele, ainda é curioso encaixar a personalidade exagerada dele no fato de ele ser de verdade um titã, ou seja ele grita e sacode tudo por onde passa, estando ou não transformado para isso...


5° Não gostei da forma pouco relevante que alguns mistérios foram esclarecidos!

Tão pouco relevante que dá vontade de chorar...

As vezes penso que foi um pouco abrupta a forma com que a coisa do titã colossal foi revelada, acho que poderíamos ter um pouco mais de mistério adicionado, e quem sabe até uma desconfiança entre os personagens antes de jogar o verdadeiro culpado para a luz...


6° Estou gostando do crescente mistério!

Okay, o colossal era maior, então o mistério diminuiu, mas vamos admitir que é um mistério bem cabeludo...

É muito divertido saber que dentro do mundo proposto na obra ainda existe uma camada muito grossa de mistérios para serem desvendados, é divertido saber que esse mundo ainda não foi explorado e que aos poucos vamos conhecer cada vez mais sobre os titãs e a realidade obscura proposta pela obra, que nessa continuação ganhou um tom muito mais sombrio e com titãs muito mais assustadores e deformados!


7° Não estou gostando da burrice...

*Legenda de burrice aqui*

Sei lá, vocês não acham que ficou forçado demais ninguém parar e dizer "Será que são as pessoas que se transformam em Titãs?" Talvez eu até esteja errado, afinal não leio o mangá, mas não é um pouco forçado ignorar essa realidade mesmo enquanto surgem várias pessoas com essa capacidade a volta deles? Questionar isso não seria a primeira opção? É necessário tanto esforço assim para sacar essa realidade? E no fim, no último episódio a óbvia verdade surge como uma espécie de suposição, especulação sem provas, e todos ainda se surpreendem por titãs serem humanos...


O anime por enquanto pausou, agora a previsão de lançamento de mais uma "temporada" é lá para o ano de 2018, vamos todos de mãos dadas torcer pela continuação merecida!


Vamos a enquete dessa semana: Qual a nota de vocês para essa segunda temporada de Shigenki no Kyojin?




E agora que já até votou, faça sua lista abaixo, pode ter quantos itens quiser! Questione também meus motivos, sinta-se livre senhor leitor!